O home theater não é um eletrônico comum. Para que áudio e imagem atinjam seu potencial máximo, é preciso posicionar corretamente cada item da aparelhagem, prever revestimentos que melhorem a sonoridade e planejar uma iluminação adequada aos momentos em que a TV reina – e também àqueles em que a sala tem outro uso. Quem resolveu esta equação foi o projetista Petterson Campos, da Loja Criare Cuiabá (MT).

Neste espaço de 10m², a parede foi revestida com madeira a fim de ocultar fios e proporcionar isolamento acústico, o que conferiu maior imponência ao ambiente. Para boa funcionalidade, foram projetados dois gavetões de 1,40m de comprimento cada, onde podem ser acomodados DVDs e objetos diversos. A estante lateral suspensa foi fechada com portas de vidro opaco - para não gerar reflexos - e agregado sistema fecho-toque, tornando possível uma visualização amena e clara. Tudo incorporado aos modernos e robustos tampos de 50mm.

- Iluminação

Spots com iluminação LED de 3 watts valorizam o espaço e não ofuscam a imagem. Havendo presença de janelas no ambiente, cortinas com blackouts são imprescindíveis para o período diurno. Dimmer para regulagem da iluminação, no período noturno, complementa o projeto luminotécnico.

- Equipamentos

Para esse ambiente de 10m2, um aparelho de TV em LED de 42” é a boa pedida e o DVD com leitura blu-ray garante imagem de cinema. Bons receivers e caixas acústicas, entre 50 watts e 100 watts por canal, proporcionam uma experiência cinematográfica de primeira. Lembre: nada de fios! É o que garante o sistema wireless.

- Móveis e complementos

A opção por sofás macios e confortáveis, com 80 cm de profundidade e modelos rebatível ou retrátil, confere aconchego e harmonia. O tapete do tipo felpudo dá o toque final.